Livro – 100 anos de história Barra Bonita de Salles Leme e Pompeu (1883) a Wady Mucare (1983)

APRESENTAÇÃO

Este livro nasceu de um ideal: deixar gravada para a posteridade a história de um povo. Assim, narra os fatos, de maneira simples e com base em documentos das respectivas épocas, e outros registros existentes.
Os leitores julgarão este trabalho, feito com muita responsabilidade, amor, que teve também, a preocupação de errar pouco, embora saibamos que involuntárias falhas e omissões irão ocorrer. Por elas apresentamos nossas antecipadas desculpas, assim como pelo atraso desta publicação, motivado, entre outros fatores independentes de nossa vontade, pelos falecimentos de dois integrantes deste Grupo de Trabalho: o Presidente Luiz Saffi (em 12/07/1994) e o companheiro Irio Collor Bombonatti (em 05/04/1995), após longa enfermidade. De ambos guardamos as melhores recordações e exemplos de competência, dedicação, conhecimentos Históricos e amor pela terra natal, qualidades fundamentais para a concretização deste trabalho à “8 mãos”. A eles nossa homenagem, adimiração e saudade.
Agradecemos, de modo especial, ao ex-Prefeito Dr. Wady Mucare – Dr. Duba, que nos escolheu através da portaria 491 de 29/08/85, a confiança em nós depositada, o apoio, o incentivo e as condições necessárias para realizarmos esta tão honrosa tarefa.
Não poderíamos deixar de estender estes agradecimentos aos funcionários de repartições públicas, arquivos, cartórios, museus; dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; das Paróquias desta e de outras cidades, das Entidades Sociais, Assistenciais e Religiosas; da Imprensa falada e escrita e de todos aqueles membros das famílias pioneiras, que gentilmente colaboraram conosco, fornecendo-nos, dados, informações, fotos, identificações e depoimentos importantes. A todos o nosso mais sincero e melhor “muito obrigado”.
É importante lembrar que nós não escrevemos a História de Barra Bonita, pois, esta história vem sendo escrita todos os dias, desde os primórdios de sua fundação, por todos aqueles que aqui viveram e vivem; lutaram e lutam pelas causas e conquistas desta cidade, que nasceu sob a proteção de São José – modelo pai e operário – ; que tem no trabalho o símbolo de seu progresso e na hospitalidade de seu povo a característica que lhe valeu o cognome e o renome de “Cidade Simpatia”.
Lembramos ainda que decorridos tantos anos da conclusão de nossas pesquisas e levantamentos, novos fatos e conquistas ocorreram na “vida” de Barra Bonita, que alteraram inúmeros dados aqui contidos. Muitos locais e prédios públicos sofreram reformas e modificações, tiveram suas destinações alteradas, mudaram de endereço ou, então, foram desativados. Escola, praças e logradouros públicos receberam denominações e muitas das “memórias vivas” aqui sitadas partiram para a eterna morada. Atualizar todas essas mudanças, representaria o prosseguimento da história e consequente inclusão de novos capítulos, com os acontecimentos e pessoas que dele fizeram parte, prorrogando, indefinidamente, a publicação deste histórico.
Assim, salvo algumas excessões, o período abrangido pelos “100 anos de Barra Bonita”, objeto de nossas pesquisas, termina em 31 de dezembro de 1988, juntamente com a Administração do Centenário.
Feitos esses indispensáveis esclarecimentos e considerando que, integrarmos Grupo de Trabalho visando a criação de um museu e ao levantamento histórico de Barra Bonita, foi para nós: Luiz Saffi, Irio Collor Bombonati, Renato Adamo Bolla e Célia Stangherlin, um verdadeiro e gratificante privilégio, pois possibilitou-nos a oportunidade ímpar de conhecer os antecedentes da fundação desta terra que nos viu nascer, fazendo aumentar ainda mais nosso amor por ela e o orgulho de sermos Barra-Bonitenses, NÓS: Renato Adamo Bolla e Célia Stangherlin, remanescentes do grupo de trabalho acima referido, decidimos custear e oferecer, gratuitamente, ao Poder Público Municipal, esta primeira edição do volume “DE SALLES E POMPEU (1883) a WADY MUCARE (1983) – BARRA BONITA – 100 ANOS DE HISTÓRIA” composta de 1000 (um mil exemplares), com a qual agradecemos a oportunidade e damos por encerrada esta histórica e emocionante “missão”.

Barra Bonita, Outubro de 1999.
Renato Adamo Bolla – Célia Stangherlin

Publicidade:

Linguagem »