O ABASTECIMENTO DE ÁGUA E A REDE DE ESGOTOS

O ABASTECIMENTO DE ÁGUA E A REDE DE ESGOTOS

O crescimento dos núcleos de casas populares e dos loteamentos em áreas adjacentes às “COHABS” e “Distrito lndustrial” fez elevar o consumo de água, tornando o abastecimento insuficiente. Para atender às necessidades de seus moradores, foi aberto um novo poço artesiano na antiga fazenda São Domingos, reformada a tubulação existente e construído um reservatório para dois milhões de litros, cuja inauguração ocorreu a 17 de dezembro de 1988.
A Vila Habitacional, “cercada” por novos loteamentos e construções que aumentaram o volume do consumo de água, ocasionando interrupções e reclamações pela falta do precioso líquido, teve também o seu abastecimento reforçado por um novo poço artesiano perfurado na fazenda Santa Luiza, cessando assim, o problema que afligia seus moradores. As caixas d’água do “Verdão”, “Antenor Balsi” e “Lar São Vicente de Paulo” foram interligados por uma adutora de 2.600 metros. Em todos os loteamentos e áreas habitadas, além do abastecimento de água, a canalização dos esgotos também foi executada.

Publicidade:

Linguagem »