O CINE SÃO JORGE

O CINE SÃO JORGE
INAUGURADO EM 15 DE NOVEMBRO DE 1951

O crescimento sócio-econômico de Barra Bonita e o espírito empreendedor de Jorge Nahás, próspero comerciante de tecidos, membro da colônia Síria local, foram fundamentais para a construção de uma nova casa de espetáculos, como ficou conhecido o “Cine São Jorge”.
A pedra fundamental foi lançada em 19 de março de 1950 e a inauguração ocorreu em 15 de novembro de 1951, com grandes solenidades e a projeção do filme “Aquele Beijo à Meia Noite”, estrelado pelo tenor Mário Lanza e Katryn Grayson. Na oportunidade, o Prefeito Municipal Hermínio de Lima “enalteceu o empreendimento do Sr. Jorge Nahás, dotando Barra Bonita de um cinema que coloca nossa cidade em posição de destaque entre suas vizinhas” (Jornal “A
Cidade” de 17/11/1951).
E o prefeito não exagerava! Eram 370 poltronas, sala para gerência, duas bilheterias, bar e sanitários no pavimento térreo e no superior, além de sala de projeção, três amplas dependências e sanitários, no majestoso prédio da Rua 1º de Março, 104.
O “Cine São Jorge”, por mais de 30 anos, acompanhou todas as evoluções e mudanças ocorridas na área cinematográfica de projeção de filmes: tela panorâmica, cinemascope, som estereofônico, etc., etc.. Foi o ponto de encontro das famílias, dos jovens e dos namorados. Pelo seu grande palco passaram artistas e orquestras nacionais e internacionais; políticos e autoridades; shows e desfiles; promoções beneficentes e festas escolares; teatro profissional e amador, cujos destaques locais eram: Fadlo Nahás, Adibe Mucare (Badua) e Antonieta Fagá (Toneca) um – trio de comediantes que era garantia de sucesso e lotação esgotada.
Com a aposentadoria de seu proprietário, os filmes na TV e os videocassetes, o “Cine São Jorge” foi perdendo sua freqüência e diminuindo a exibição de filmes até encerrar definitivamente suas atividades, em fevereiro de 1985.

Publicidade:

Linguagem »