Você sabia que

Estância Turística de Barra Bonita
é a primeira da América do Sul a ser explorada turisticamente

a Eclusa de Barra Bonita possui 148m de comprimento, 12m de largura e 25m de desnível.

Cidade de Barra Bonita

Por volta de 1883 ou 1886, é que Barra Bonita recebeu tal denominação, por estar situada as margens do Rio Tietê que encontrava-se com as águas do córrego formando uma barra bonita.

Ponte Campos Sales – inaugurada em 5 de março de 1915, construída pelo ex-presidente: Manuel Ferraz de Campos Sales. Considerada uma obra de grande modernidade para a época, devido ao alçapão por onde permitia-se a passagem de embarcações, como o famoso “Vaporzinho”, Visconde de Itu que transportava a produção cafeeira de toda região.

Conheça mais sobre história de Barra Bonita Clicando Aqui

 

Estância Turistica de Barra Bonita

Situada a 278 km da capital via Botucatu, a Estância Turística de Barra Bonita, às margens do rio Tietê, é conhecida por suas atividades marítimas, em um cenário natural exuberante, com muito verde, qualidade de vida e atrativos históricos. Fundado em 1883, o município tem uma população de aproximadamente 35 mil moradores.

Barra Bonita é cercada pelas cidades de Jaú, ao norte, Igaraçu do Tietê e São Manoel, ao sul, Mineiros do Tietê, ao leste e Macatuba a Oeste e tem seu nome reconhecido por todo o país, principalmente por sua Usina de Açúcar e Álcool, suas indústrias exportadoras (óleos essenciais e produtos eletrônicos), além de seu turismo bastante difundido.

As atrações turísticas são diversificadas, mas quem visita a cidade não pode deixar de conhecer o Memorial do Tietê. Mantido com o Apoio do Departamento Hidroviário, da Marinha do Brasil, e da Prefeitura Municipal de Barra Bonita, o Memorial conta com um rico acervo compostos por painéis, maquetes, equipamentos náuticos, livros, videoteca e fotos para pesquisas, recebendo cerca de trinta mil estudantes por ano.

Outra atração é a Ponte Campos Salles, ou Ponte dos Arcos, que liga Barra Bonita à Igaracu do Tietê. Ela é o cartão de visitas e o maior patrimônio da cidade. Sua estrutura inteiramente metálica foi importada da Alemanha durante o governo do presidente Campos Salles e inaugurada em 1915.

No entanto, a atividade mais procurada pelos turistas, é o passeio nas embarcações que navegam pelo Tietê. No rio de águas claras, diferente daquele Tietê que passa pela Grande São Paulo, os turistas poderão encontrar diversas espécies de peixes, lindas paisagens e ainda fazer a eclusagem, uma monumental obra de engenharia hidráulica, ao lado da Usina Hidroelétrica de Barra Bonita. A Eclusa de Barra Bonita foi a primeira do gênero a entrar em funcionamento na América do Sul e possui 42 metros de comprimento, 12 metros de largura e vence um desnível de 26 metros em 12 minutos, possibilitando o tráfego de embarcações de nível a nível. Os passeios acontecem durante todo o ano, atraindo cerca de 15 mil turistas por mês.

O visitante ainda pode reservar tempo para conhecer a Praça do Artesanato, que funciona na avenida Pedro Ometto, s/n (em frente ao porto), de terça a domingo, inclusive aos feriados e o Museu Histórico Municipal Luiz Saffi. O espaço possui oito salas e expõe peças, fotos, objetos pessoais e industriais, além de documentos relacionados à história e evolução de Barra Bonita. O Museu tem entrada gratuita e permanece aberto durante a semana das 9h às 11h e das 13h às 17h e aos finais de semana e feriados das 9h às 17h.

Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br

Localização Barra Bonita

Publicidade

Linguagem »